“No início da construção eu convenci o Nate que no final teria uma street fighter estilo anos 70,  penso que foi isso que conseguimos.”

Como se sabe a Honda CB 400 Four não é uma mota muito grande, por isso, o plano foi torná-la mais larga mantendo as proporções originais.

A traseira e o depósito são versões modificadas em fibra de vidro. Quanto à pintura, uma das condições do Nate era que a mota fosse castanho-avermelhado, por isso, optei por esta cor borgonha para manter o estilo clássico, mantive as icónicas asas da Honda nas laterais e usei o número 158, assinatura do Nate. O quadro foi todo pintado com duas camadas de preto brilhante.

Leia mais em: http://www.returnofthecaferacers.com/2016/04/honda-cb400f-caferacer.html

Fotografia: Kenny Smith

 

Deixe uma resposta