A minha história com esta mota começou há cinco anos atrás, quando passava diariamente por ela a caminho do trabalho. Um dia decidi saber quem era o dono e perguntar-lhe se a vendia. Para meu espanto, aceitou.

Nessa altura não pensei em fazer qualquer alteração, foi pegar nela e divertir-me pelas belas paisagens suíças.

Há cerca de um ano atrás  decidi ir mais longe e ocupar os meus tempos livres a alterar a mota.

Além da motivação extra que o meu filho mais velho me deu (outro apaixonado pelas motas),  tive também a ajuda de dois amigos para a parte eléctrica e para as soldas. Tudo o resto, são horas de lazer bem passadas na minha garagem.

Márcio Fernandes

 

One thought on “Honda CB 750 F 1984 – Márcio Fernandes

  1. Boas amigo, também estou na suíça e muito interessado em construir uma caferacer.. como foi ao nível da expertise? Não chateiam muito com as alterações ?

Deixar uma resposta