Depois de algum tempo a namorar a ideia de customizar uma mota, em Fevereiro de 2015 decidi meter mãos à obra e começar este projeto tendo como base uma Yamaha SR 125 de 1998.

Com um orçamento muito reduzido mas cheio de vontade de experimentar e de materializar o que tinha na cabeça, sabia à partida que este seria um projeto de tentativa/erro, muito pela minha inexperiência nesta área. Felizmente, pude contar com o apoio do meu bom amigo António Vidal para fazer os cortes, as soldas, a parte eléctrica, dar-me na cabeça e aturar-me quando foi preciso.

Começamos por cortar o quadro original, porque era muito largo e desajeitado. No sucateiro encontrei um quadro de uma Macal Minarelli M83 que aproveitei como dador de algumas partes necessárias para a minha construção, fazendo assim um quadro bem mais estreito e ligeiro do que o original  da Yamaha SR 125.

Depois de ultrapassada a parte estrutural do quadro, fiz algumas tentativas para chegar à melhor posição da forqueta e amortecedores de forma à mota ficar bem “nivelada”. O banco também foi alvo de algumas alterações durante o processo, até ficar com o tamanho e altura ideais.

A cereja em cima do bolo foi a escolha da cor Vermelho Cherry com uma linha dupla dourada no depósito.

Paulo Martins (aka Vargas)
29/12/2015

8 thoughts on “Yamaha SR 125 – Paulo Martins aka Vargas

  1. Boas Paulo!
    O meu capitulo nas Cafe Racers está agora a começar e na busca de inspiração portuguesa encontrei-te! Excelente trabalho com a Yamaha, ficou uma beleza!
    Vou começar agora o meu projeto, daqui a uns meses partilho também!
    Abraço e boas curvas!

  2. Ora Boas Tardes Paulo!
    Antes de mais mtos Parabéns pela tua Café Racer.
    Dado que mto em breve vou iniciar o meu projecto tenho andado a vaguear pela net em buascade ideias para minha Scrambler que terá por base tb uma YAMAHA SR125. Gostei sobre tudo de teres conseguido por o quadro com o aspecto retro que tem que ter, ou seja completamente hotizontal e sinceramente acho que esse é o maior desafio para quem parte da base SR125. Se me puderes adiantar mais dados sobre o que fizeste, fundamentalmente de como conseguiste por o deposito e o assento horizontal ficava-te mo grato.
    Abç e diverte-te com a tua máquina
    PS: Qdo tiver o meu projecto terminado a ver se te contacto para darmos um giro com as nossas SR125 costumizadas

    1. Obrigado pelo comentário
      O quadro original foi totalmente cortado só ficando o tudo redondo central onde fixa o motor e um pouco tudo nos poisa pés.
      como diz o texto o quadro dador foi retirado de uma motorizada macal m83, foi cortado e alargado na zona do banco para que encaixasse na estrutura original da mota, soldado zona dos poisa pés e zona do depósito. Qt ao deposito é o original fixado nos apoios originais e apenas levantado na zona do banco, este tbm foi feito especificamente para o quadro e rabeta tbm ela retirada de uma motorizada nacional.
      Espero ter ajudado

  3. Boa tarde Paulo,

    Muitos parabéns pelo projecto.
    Ando com ideias de levar a cabo algo do género.
    Será que podemos trocar algumas ideias?
    Grato
    Amilcar

  4. Qual o orçamento minimo para a Alavancar um projeto destes? Temos aqui pessoal que começou com com SR125 , há alguma razão específica ? Pessoalmente preferia um motor mas musculado, estarei exagerar? Sou maçarico nestas coisas mas o áspero retro das bikes cativa-me , vou ler mais sobre as história e a essência da cafe racer para respirar o espírito … Grato por toda a informação que me possam facultar … Boas voltas ….

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.